Você tem a mente de Cristo!

Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o pensamento de vocês.”
Filipenses 4:8

Você já parou para pensar no que você pensa? Xiiii… essa pergunta deu até um nó na cabeça…

“Como assim, pensar no que eu penso?”

É porque, na maioria das vezes, a gente sai pensando nas coisas e nem percebe como um pensamento começou, não é verdade?

Às vezes, o pensamento começa numa conversa com alguém, ou viajamos por causa de um filme que a gente viu. Também pode começar de um jeito sem explicação e, quando a gente vê, já está pensando em coisas estranhas e até que dão medo.

Mas, você sabia que todos nós, que temos Jesus, temos a mente de Cristo e podemos pensar em coisas boas sempre? Isso mesmo! Temos como controlar os nossos pensamentos!

Vamos aprender mais com a história de hoje?

Quem escolhe pensar em coisas boas fica alegre e tranquilo

Referência bíblica: Filipenses 4:8

Na hora de dormir, Pedrinho ficou rolando de um lado para o outro na cama. Naquela tarde, ele tinha visto um programa no YouTube que tinha um personagem muito assustador e, na hora de pegar no sono, quem disse que ele conseguia? Ele bem que tentou, mas não teve jeito. Foi lá no quarto da mãe dele pedir ajuda.

— Mamãe, eu não tô conseguindo dormir… Você pode orar e dormir comigo? – perguntou ele.

— Filho, você ainda está acordado? Puxa, você já foi para o quarto há um tempão… O que houve, filho? – a mãe dele quis saber.

— É que eu não consigo parar de pensar num negócio que eu vi no YouTube. Eu vi um personagem que tinha um rosto muito feio e ficava assustando os outros. – explicou ele.

— Entendi. Você está com medo. Eu te disse para não ver essas coisas. Depois, você tem pesadelo e fica com medo. – disse a mãe.

— Eu sei, mas eu vi sem querer. O vídeo entrou logo depois de um outro que eu estava vendo. Você pode dormir comigo, mamãe? Por favor… Ora também por mim? Não consigo parar de pensar nisso. – disse Pedrinho aflito.

— Tudo bem. Vamos orar, mas também quero te ensinar a controlar o que você pensa. – falou a mãe que, em seguida, orou com ele assim:

Jesus, eu declaro que o Pedrinho tem apenas pensamentos bons, de acordo com a tua Palavra. Eu repreendo todo espírito de medo e afirmo que a mente dele está protegida com o capacete da salvação. Diabo, eu declaro que você não tem poder sobre a mente do meu filho. Em nome de Jesus!

— Amém. Obrigado, mamãe, mas você pode dormir comigo mesmo assim? Eu tenho medo dos pensamentos voltarem. – pediu o menino.

— Hummm… então, era sobre isso que eu queria falar com você. Todos nós precisamos aprender a escolher no que pensar. Primeiro, a gente precisa escolher conversar e ver coisas que vão nos fazer bem, e não nos dar medo. Mas, mesmo que o medo ou outro sentimento ruim venham nos perturbar com pensamentos maus, a Palavra de Deus diz pra gente pensar só no que é bom. – explicou a mãe.

— Mas como eu vou fazer isso, mãe? Quando eu percebo, já estou pensando…

— Bom, imagina uma caixa que cabe apenas uma bola vermelha. Imaginou? Se você quiser colocar nessa mesma caixa uma bola amarela, vai caber?

— Não, mamãe. Para eu colocar a bola amarela na caixa, eu tenho que tirar a vermelha. – disse Pedrinho.

— Exatamente, filho! Nossa mente também é assim. A gente não consegue pensar em duas coisas diferentes ao mesmo tempo, por isso, quando estamos pensando em algo ruim, como coisas que dão medo, podemos nos forçar a pensar em algo bom, como as nossas férias, uma coisa que gostamos de comer, algo engraçado que aconteceu com a gente, algo que aprendemos na Bíblia e por aí vai…. Assim, aquele pensamento ruim para na hora que a gente faz o exercício de mudar o foco do nosso pensamento. Entendeu? – perguntou ela.

— Entendi, sim! – disse o menino todo feliz.

A mãe continuou:

— A Palavra de Deus diz assim: “Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o pensamento de vocês”. Então, quando a gente perceber que está pensando em algo, devemos nos perguntar: isso que eu estou pensando é verdadeiro, é bom, é puro, me ajuda, me deixa forte, me deixa alegre, é bom para as pessoas? Se não for desse jeito, então, mudamos o pensamento na mesma hora. Desse jeito, a gente aprende a pensar no que nos faz bem e alegra ao coração de Deus.

— Puxa, mamãe, que legal! Eu não sabia que podia fazer isso, mas vou passar a fazer. Falar nisso, já estou com sono e vou dormir… Boa noite!

— Ué, mas você não queria que eu dormisse com você? – perguntou a mãe.

— Queria, sim, mas eu aprendi como escolher os meus pensamentos e já vou colocar em prática agora! Vou pensar só em coisas boas e vai ficar tudo bem. Já tô imaginando aquela viagem que a gente quer fazer para um hotel que tem um campo de futebol e pensando naquele dia que comemos tanto sorvete delicioso que minha bermuda nem fechava mais, lembra? Foi muito engraçado… Que bom que a Bíblia explica tudo pra gente! E que bom que eu tenho você para me ensinar! Te amo, mamãe. Obrigado! Boa noite!

— Boa noite, filho! Também te amo! E lembre-se: você tem a mente de Cristo! Deus te abençoe!

O que você aprendeu com história de Pedrinho?

O inimigo trabalha muito na vida das pessoas porque elas não veem os seus pensamentos e nem percebem os pensamentos maus que ele sugere a elas.

Aí, quando as pessoas já estão tristes, com raiva ou com medo, elas não sabem como resolver. Mas, agora, você já sabe!

Sempre que um pensamento começar, pergunte a si mesmo: será que esse pensamento é bom, tem amor, me ajuda e ajuda as pessoas, é verdadeiro? Se não for nada disso, é porque não é de Deus e você pode pensar em algo diferente, que faça bem a você!

Deus sempre quer o nosso melhor, mas, quando alimentamos pensamentos maus, até perdemos a nossa fé, pois só pensamos no pior. Por isso, pense sempre em coisas boas, de acordo com a Palavra de Deus!

Vamos orar?

Jesus, obrigado porque eu tenho a mente de Cristo. Eu te peço, Jesus, que me ajude a pensar em coisas boas. A partir de agora, eu vou prestar mais atenção no que eu estou pensando. Eu não aceito pensar em coisas ruins, assustadoras e que sejam mentirosas. Eu quero pensar no que a tua Palavra me ensina: em tudo que é bom. Amém.


Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Marisa Victoria @marisavictoria.10 – Ilustrações: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário