Se você crer, você vai ver

Então Jesus lhe disse: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram.
João 20:29

Tem gente que diz assim: “Só acredito vendo”!

Já ouviu isso? Esta frase é muito comum dos adultos falarem e demonstra que a pessoa precisa comprovar com seus próprios olhos para ter certeza.

Tem coisas que só conseguimos acreditar vendo, não é mesmo? Quando ouvimos uma história muito doida, realmente, fica difícil de acreditar que ela é real. Afinal, a pessoa pode estar imaginando coisas ou mentindo.

Mas, com Deus, as coisas não funcionam assim. Ele nunca nos engana, e a gente pode confiar mesmo antes de acontecer.

Um discípulo de Jesus era bem desconfiado. Vamos ver o que ele fez e falou?

Tomé só creu quando viu, mas isso não é fé

Referência bíblica: João 20:19-29

Jesus tinha morrido e ressuscitado, mas ainda não tinha aparecido para os seus discípulos.

Parecia um fim de tarde normal, mas algo muito surpreendente aconteceria: Jesus faria uma surpresa na casa onde alguns de seus discípulos estavam reunidos.

Assim que ele entrou, foi logo para o meio deles e disse:

— Paz seja com vocês!

Quando os discípulos o viram, e ainda olharam para as marcas da crucificação nas mãos e ao lado do corpo, ficaram muito alegres!

— Jesus, que bom que você está aqui!

Naquela ocasião, Jesus ainda soprou sobre eles o Espírito Santo.

Tomé, um dos 12 discípulos, não estava com os outros quando Jesus apareceu para eles, por isso, ele não acreditou quando lhe contaram. No mínimo, achou que eles estavam doidos, né? Afinal, Jesus estava morto, mortinho!

Tomé ainda disse assim:

— Se eu não vir as marcas dos pregos nas mãos de Jesus, não tocar nessas marcas e no lado, entre a barriga e as costas, não vou acreditar.

Mas tem um detalhe: Jesus tinha avisado que ressuscitaria… será que ele não lembrava? Acho que o problema não era memória; era falta de fé mesmo.

Uma semana depois, os discípulos estavam juntos novamente, mas, dessa vez, Tomé estava com eles. Apesar das portas estarem trancadas, Jesus entrou assim mesmo. Será que ele passou entre as paredes? Caramba…

Jesus chegou perto deles e disse:

— Paz seja com vocês!

E disse olhando para Tomé:

— Ok, Tomé. Eu sei que você não está acreditando que sou eu. Então, coloque o seu dedo aqui e veja, nas minhas mãos, as marcas dos furos dos pregos. Toque aqui do meu lado também. Vamos lá, eu deixo. Pare de duvidar e creia!

Depois de Tomé ter tocado em Jesus, ele se deu conta que era ele mesmo. Até que enfim… Demorou, né? Andou tanto tempo com Jesus e ainda não o reconhecia?

Tomé ficou espantado e disse:

— Senhor meu e Deus meu! É você mesmo!

Jesus, então, lhe disse:

— Ah, agora que você viu, você creu? Mas isso não é fé, não. Fé é quando você crê e, depois, vê. Feliz mesmo é quem não precisa ver para crer.  

Depois disso, Jesus realizou, na frente dos seus discípulos, muitos outros milagres. Quem creu nele de verdade, recebeu a vida de Deus.

O que você aprendeu com o comportamento de Tomé?

Normalmente, as pessoas não acreditam tão fácil quando alguém conta que aconteceu algo diferente. Como, no mundo, existe muita mentira e engano, as pessoas têm dificuldade de acreditar umas nas outras e até em Deus.

Porém, tudo que está escrito na Palavra de Deus é a verdade, mas ela só funciona quando acreditamos nela, mesmo que as coisas pareçam estranhas. Isso é fé. É só através da fé que Deus pode agir na nossa vida.

Se a gente quiser ver para depois crer, como Tomé fez, Deus fica impedido de fazer aquilo que pedimos, pois ele precisa que a gente acredite nele de todo coração.

E você, acredita na Palavra de Deus sem duvidar?

Vamos orar?

Pai, eu sei que a tua Palavra é a verdade. Eu acredito nela do começo ao fim. Você nunca mente pra mim e eu sei que você me ama muito, por isso, posso confiar que tudo que você prometeu, vai se cumprir. Eu não preciso ver para crer; eu já creio em você desde agora. Obrigado porque você me prometeu várias coisas lindas, e eu quero viver cada uma delas. Em nome de Jesus, amém.


Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Marisa Victoria @marisavictoria.10 – Ilustrações: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário