Obedecer sempre nos trará o melhor de Deus

Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.

Josué 1:7

Já aconteceu dos seus pais mandarem você fazer alguma coisa e você não entender muito bem o motivo?

Por que será que, às vezes, é difícil para nós obedecermos? Será que é por que algumas ordens parecem não fazer muito sentido pra gente? Pode ser!

Mas, mesmo que não faça sentido para nós, será que esta ordem não precisa ser cumprida?

Hummm, aposto que agora você parou para pensar sobre isso com mais calma.

Na história de hoje, vamos conhecer dois homens que tomaram decisões bem diferentes. Um se chamava Josué, um homem que decidiu obedecer a Deus sem perguntar nadinha; o outro tinha o nome de Acã, e preferiu o caminho da desobediência, causando muita tristeza para seus amigos e toda a sua família.

Vamos conhecer?

Deus abençoa quem obedece, mas e quem desobedece?

Referência bíblica: Josué 6-8

A bíblia conta a história de Josué. Um homem corajoso, fiel a Deus e que decidiu ser obediente em tudo o que Deus o pedia para fazer. 

Graças ao seu coração obediente, Deus o colocou para liderar o povo de Israel pelo deserto a caminho da terra prometida, que se chamava Canaã. 

Vocês devem se lembrar que Deus prometeu a Moisés que daria um lugar lindo e muito rico para o povo morar. Então, após a morte de Moisés, Josué ficou responsável por ajudar o povo a chegar neste lugar de promessa.

Mas não foi fácil para Josué. Ele enfrentou muitas dificuldades e lutas para manter o povo unido no deserto. Só que Deus estava com Josué e ele vencia tudo.

Teve um momento muito legal que Josué viveu com o povo: a batalha de Jericó. 

Deus prometeu que ele conquistaria a cidade de Jericó, mas ela era muito forte e protegida por muros enormes e com portões muito bem fechados. Como conseguir entrar ali? 

Ah…Mas o nosso Deus já tinha um plano e disse para Josué tudo que ele tinha que fazer: o exército de Israel teria que rodear a cidade de Jericó por seis dias e, no sétimo dia, rodear a cidade sete vezes, tocar as trombetas e gritar bem forte. Isso seria suficiente para as muralhas caírem. Muito doido, né? Mas milagres são assim mesmo!

Então, todos obedeceram, os muros da cidade foram ao chão e, assim, o povo conquistou a cidade de Jericó.

Viram só como é bom ser obediente? Deu tudo certo!

Porém, neste mesmo episódio da tomada da cidade de Jericó, Deus havia orientado ao povo que não pegasse nada daquela cidade. Deus falou isso porque, normalmente, no final de uma guerra, os vencedores levavam tudo de valor que tinha na cidade. 

Mas Acã, um dos soldados de Josué, pegou escondido moedas de ouro, uma capa bonita e outras coisas preciosas. Ele levou para sua casa enquanto o povo lutava, e Deus ficou muito zangado, porque tinha pedido para que não fizessem isso. 

Josué nem desconfiava do que Acã tinha feito, mas Deus havia visto tudinho!

O problema desta desobediência de Acã foi que, logo após a tomada de Jericó, Josué e todo seu povo foram para uma outra guerra em que, infelizmente, fracassaram. Isso ficou conhecido como a derrota de Ai. 

Depois da vitória de Jericó, que era uma cidade grande, Josué achou que ganharia a batalha fácil, fácil, porque os inimigos eram bem mais fracos e em número bem menor. Josué deve ter dito: 

— Beleza, essa batalha é mole pra gente! 

Xiiii, mas lembram de Acã? Aquele que desobedeceu às orientações de Deus lá em Jericó? Pois é, agora é que você vai entender o problema que isso deu…

A guerra parecia ganha, mas o povo de Israel foi derrotado e Josué perdeu muitos soldados. Josué ficou tão triste e sem entender nada, que foi conversar com Deus. 

— Meu Deus, porque o Senhor não ajudou a gente a vencer? Fomos humilhados… – Disse Josué.

Deus respondeu:

— Estou profundamente triste porque um de vocês me desobedeceu e guardou coisas condenadas dentro de casa. 

Josué, então, procurou entre todos quem havia cometido tal desobediência a Deus. Acã, não resistindo à pressão, não conseguiu mais esconder e confessou que tinha pego alguns objetos de Jericó. Ele desobedeceu feio a Deus… 

Sabe o que é pior? Acã não se arrependeu. Por causa disso, ele e a sua família sofreram consequências muito graves. Eles foram expulsos do meio do povo e mortos. Muito triste! 

Depois disso, Deus deu uma nova chance a todos que escolheram ser obedientes. 

Josué recebeu novas instruções de Deus sobre como deveria conduzir novamente o povo e todo o seu exército para a cidade de Ai. Então, um novo ataque foi organizado, e desta vez, Josué e todo o povo foram vitoriosos!

O que você aprendeu com os exemplo de Josué e Acã?

Nossa desobediência, além de nos levar para longe de Deus, pode causar problemas para nós e para aqueles que amamos.

Deus não deseja que vivamos assim, tristes e longes dele. Ao contrário, sempre está disposto a nos dar uma nova chance de fazermos aquilo que é certo.

Portanto, se você quer se dar bem, faça como Josué e decida obedecer sempre. Mas, se por acaso você vacilar, peça perdão a Deus o quanto antes! E não fique bravo quando você for corrigido. Isso é para você entender que errou e acertar da próxima vez!

Obedecer a Deus e aos responsáveis é sempre melhor, pois Deus fica feliz, você fica feliz e também fica longe de qualquer perigo!

Vamos orar?

Querido Deus, obrigado porque, quando sou corrigido, sei que é para o meu bem. Por isso, decido obedecer a você e aos meus pais, porque esta é a melhor maneira de eu estar sempre protegido e seguro. Em nome de Jesus, amém!

Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Ana Paula Meneguci – Ilustração: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário