Jesus deixou dois grandes mandamentos

Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças (…) E amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

Marcos 12:30-31

Se alguém te perguntasse o que é amar, o que você responderia? Talvez, dissesse que é dividir o seu lanche, emprestar seu brinquedo ou ajudar seu amigo quando ele precisa.

Muito bem, está no caminho certo. E você sabe qual foi os dois maiores mandamentos que Jesus nos deixou? Vamos à história de hoje? Você vai entender!

O Mestre mandou amar

Referência bíblica: Marcos 12:30-31

Depois de se deliciarem com seus lanches, Duda, Pedrinho e Mig, estavam reunidos no pátio da escola pensando qual seria a próxima brincadeira.

— Que tal brincarmos de pique-pega? – disse Pedrinho.

— Ah, não! Eu prefiro jogar bola – respondeu Mig.

— Eu não gosto de jogar bola, né. Mig? Que tal brincarmos de “seu mestre mandou”? – perguntou Duda.

— Boa ideia, Duda! Vamos, então, fazer zerinho ou um para decidirmos quem será o mestre –  disse Pedrinho.

Todos concordaram com Pedrinho e acabou ele mesmo ganhando a brincadeira de zerinho ou um, sendo o primeiro mestre a mandar.

E, assim, começou a rodada da brincadeira “seu mestre mandou”.

— Seu mestre mandou ir no bebedouro da escola pegar um copo cheio de água sem derramar uma gota.

Duda e Mig obedeceram, seguiram brincando algumas rodadas, quando Pedrinho interrompeu com uma boa lembrança de uma passagem da Bíblia:

— Quem lembra do que está escrito no livro de Marcos 12:30-31? 

— Xiiii, Agora você pegou a gente, hein. A bíblia fala sobre a nossa brincadeira de “seu mestre mandou?  – perguntou Duda.

— Não é isso, Duda – respondeu Pedrinho.

Pedrinho, então, explicou que esta passagem falava sobre os maiores mandamentos que o mestre Jesus deixou para nós. Sim, Jesus é o maior de todos os professores, porque ele fez tudo primeiro para nos deixar seu exemplo, e esta brincadeira o fez lembrar disso. 

— É como se Jesus dissesse: “Seu mestre mandou amar a Deus de todo coração, de toda a sua alma e de todo seu entendimento, e de toda a sua força. Esse é o mandamento número um”!

— Uauuuu, isso mesmo! E nós obedecemos a este mandamento quando adoramos, oramos, lemos a Bíblia, cantamos louvores, dedicamos nossa vida  a Jesus. – concordou Duda.

— Amo este meu amigo Pedrinho! Ele é tão inteligente e sempre tem resposta pra tudo! Estou contigo, hein? – falou Mig empolgado.

— E o mestre mandou também: “Amarmos ao próximo como a nós mesmos”. É o mandamento número dois. – continuou Pedrinho.

— Esse deixa comigo, Pedrinho – falou Duda -. Obedecemos a este mandamento quando pensamos no outro, né? Dando atenção, sendo gentil e ajudando quando algo deu ruim para um amiguinho; até mesmo ajudar com a lição da escola…

— Isso mesmo, Duda. Sei que falar assim, como se fosse uma brincadeira, pode até parecer fácil obedecer a estes dois mandamentos, mas, precisamos, todos os dias, ficar atentos e ver se estamos obedecendo de verdade a estes ensinamentos de Jesus. Se podemos fazer o que um amigo nosso mandar fazer numa brincadeira, por que não podemos obedecer ao maior de todos os mestres? – completou Pedrinho.

Duda concordou:

— Se Jesus mandou amar a Deus acima de todas as coisas, e ao nosso próximo como a nós mesmos, eu vou obedecê-lo!

E, assim, logo após este papo, terminou o intervalo e todos seguiram para suas salas de aula, alegres e sempre atentos ao que Jesus mandou fazer.

O que você aprendeu com a brincadeira de Duda, Mig e Pedrinho?

A brincadeira da turminha nos fez lembrar das duas coisas mais importantes que Jesus nos mandou fazer: ele pede para que amemos a ele e ao nosso próximo não apenas com palavras, mas com ações, que são atitudes e práticas que fazemos no nosso dia a dia.

O que o mestre Jesus tem mandado você fazer?  Será que você tem obedecido à voz dele?

Sempre que estivermos prontos para ouvir a voz de Jesus por meio da sua Palavra, ele nos lembrará que o Mestre nos mandou amar.

Vamos orar?

Senhor Jesus, nunca me deixe esquecer o que a sua Palavra diz. Eu quero estar sempre pronto para obedecer à sua voz. Amém.

_____________________________________ 

Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Ana Paula Meneguci – Ilustração: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Este post tem 2 comentários

  1. Nice

    Eu ameii…tenho aprendido muito com esses devocionais!!!!! Meus filhos amam obrigada

  2. Janaína Cisi

    Parabéns pela iniciativa de um trabalho tão importante na vida das crianças . Fiz o devocional com a Julia ( minha filha ) , momento de busca e entendimento na palavra de Deus . Por muitos assim … muito obrigada AKDKIDS

Deixe um comentário