Jesus, a razão do nosso Natal

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

João 3:16

O Natal está chegando e, junto com ele, aquela vontade imensa de ganhar um presente todo especial… Não é assim aí na sua casa?

É muito bom receber presentes, abraços e muito carinho na noite de Natal, mas, será que a gente consegue se lembrar daquele que deve ser celebrado e presenteado neste dia?

Parte da turminha da AKD Kids se encontrou para comemorar o Natal, mas precisou de uma ajudinha para relembrar o real sentido deste dia tão importante. 

Vamos ver como foi?

Deus sempre nos aponta o caminho até Jesus, assim como foi com os magos

Referência bíblica: João 3:14

As famílias de Pedrinho e Mig combinaram de passar a noite de Natal reunidas na casa de Duda, junto à sua família.

Que escolha boa para a turminha que, com toda alegria, brincava e corria pela sala esperando ansiosa pela abertura dos presentes.

— Será que eu vou ganhar o presente que pedi neste Natal? – perguntou Mig em meio à brincadeira.

— Não sei disfarçar. Se não gostar do que eu ganhar, vou ficar bem triste. – disse Pedrinho preocupado.

Duda, ao ouvir estas falas lá da cozinha enquanto ajudava as famílias a prepararem as comidas, veio até a sala e falou:

— Meninos, sei que amam ganhar presentes, assim como eu. Mas, que tal, antes de abrirmos os pacotes que estão na árvore de Natal, sentarmos um pouco e conversarmos sobre a importância deste dia? Aliás, tenho uma pergunta: do que vocês lembram quando falamos a palavra Natal?

— Presentes, presentes e muitos presentes. – falou Pedrinho rindo.

Já Mig, por ser o mais guloso, disse:

— Natal me lembra a comida gostosa que a minha mãe faz. Hummm, chega a me dar água na boca… Por falar nisso, a gente já pode comer? – perguntou ele.

— Ai, ai, ai, meninos! Sério mesmo que não lembram de mais nada fora presentes e comidas? – perguntou Duda um pouco irritada.

Neste instante, Duda convidou Mig e Pedrinho para sentarem em volta da árvore de Natal e começou a contar por que este dia é tão especial e diferente. Começou dizendo que, nesta data, comemoramos o nascimento de Jesus, sendo este um dos acontecimentos mais importantes da nossa vida.

— Vocês devem lembrar que Adão e Eva desobedeceram a Deus lá no princípio da criação e, por causa disso, o pecado entrou no mundo. Todos nós que nascemos depois disso já nascemos com uma natureza de pecado e isso nos afastou de Deus. Por este motivo, nosso Deus bolou um plano lindo e perfeito para nos aproximar dele de novo e de uma vez por todas. 

Duda continuou…. 

— Foi assim: Deus mandou um anjo avisar Maria que ela teria um filho, gerado na barriga dela pelo Espírito Santo, e se chamaria Jesus. Ele viria para salvar toda a humanidade das coisas erradas que faziam.

Duda seguiu contando:

— Passado um tempo, Maria estava já para ter o bebê, mas, como estava longe de casa, José teve que procurar algum lugar para se hospedarem e o bebê nascer em segurança. Só que não havia vaga em lugar algum. Então, o que sobrou foi uma estrebaria para passarem a noite, que era o lugar onde ficavam os animais. Foi ali que Jesus nasceu. Quando ele nasceu, foi envolvido em panos e colocado numa manjedoura. Neste lugar humilde e simples, onde os animais dormiam, nascia o Salvador do mundo.

Anjos anunciaram as boas notícias do nascimento de Jesus, e isso se espalhou por todos os lugares. Até pessoas muito importantes de cidades mais afastadas queriam saber quem era Jesus e onde ele estava. 

Deus, então, tratou logo de dar uma ajudinha para aqueles que queriam muito ver Jesus. Ele colocou uma estrela no céu e homens, vindos do Oriente, conhecidos como reis magos, conseguiram encontrar Jesus assim.

Quando eles chegaram aonde Jesus estava, ficaram tão felizes que trataram logo de agradecer por tudo que Jesus significava. Uma forma de fazer isso foi presentear Jesus com o que tinham de mais precioso.

Duda estava empolgada e prosseguiu:

— Essa história nos mostra que Jesus também gosta de ser lembrado e presenteado. Então, que tal, antes de vocês abrirem seus lindos pacotes, vocês oferecerem presentes a Jesus? Afinal, hoje, comemoramos o nascimento dele.

— Mas o que será que Jesus ia gostar de ganhar? – perguntou Mig. 

— Que tal seu coração agradecido? Nesta noite, tudo que Jesus pede é que a gente o convide para morar para sempre no nosso coração. Ele quer se relacionar com a gente, ser nosso amigo e conselheiro. Vamos todos nos entregar a ele hoje? Quem topa? – finalizou a menina.

O que você aprendeu com a história de Duda?

Jesus é o motivo da alegria do nosso Natal. 

Do mesmo jeito que os magos seguiram o sinal de Deus no céu para se encontrar com Jesus, nós também devemos seguir o que Deus fala com a gente por meio de sua palavra, a bíblia, e nos entregar a Jesus. Assim, ele pode nos salvar e ficamos sempre pertinho dele!

Ufa, que feliz nós somos por ter Jesus, nosso Salvador! Vamos dar a ele nosso coração de presente todos os dias!

Vamos orar?

Jesus, que alegria saber que você veio a este mundo para me salvar. Eu quero ter, todos os dias, um coração grato por tudo que você fez e ainda vai fazer por mim. Amém!

_____________________________________ 

Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Ana Paula Meneguci – Ilustração: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário