Férias com Jesus

E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Como são belos os pés dos que anunciam boas novas!”

Romanos 10:15

Enfim, férias! Quem aí nunca ficou contando os dias para dar um start nas férias? 

Na história de hoje, vamos descobrir como toda a turminha da AKD Kids saiu da rotina fazendo algo muito legal. Afinal, Jesus não tira férias!

Missão: férias com propósito

Referência bíblica: Romanos 10:13-15

De tempos em tempos, todos nós precisamos sair um pouco da rotina. Mas descansar do cotidiano não significa, necessariamente, não fazer nada, e sim dar uma pausa para realizar coisas diferentes.

Léo, Duda, Pedrinho, Mig e Bia estavam de férias da escola.

Eram férias de meio de ano, aquelas mais curtinhas, sabe?

Não dava para desperdiçar qualquer segundo, nenhuma oportunidade, pois, em duas semanas, todos voltariam às aulas. Léo, Duda e Pedrinho, os mais velhos, haviam acabado de voltar de um retiro de fim de semana, uma espécie de acampamento que a igreja deles promove todos os anos para as crianças e adolescentes passarem um tempo mais chegados ainda com Jesus.

Mig e Bia, os menores da turminha, não puderam ir, pois ainda não tinham idade suficiente.

Mas isso não foi um problema para eles, pois eles sabiam que há tempo para todas as coisas e que precisavam aguardar completar a idade mínima. Mesmo assim, estavam inquietos para saber de todas as novidades que tinham rolado no acampamento.

O trio mal havia colocado os pés de volta quando foram surpreendidos por Mig e Bia com um montão de perguntas.

Os mais velhos responderam de boa a todas as perguntas da pequena dupla curiosa. Os cinco amigos ficaram conversando a tarde inteira sobre Jesus.

Dentre todas as experiências que tiveram no acampamento, a que mais impactou e ficou queimando no coração de Léo foi sobre a necessidade de falar sobre as maravilhas que Jesus fez. 

Brincar, passear, conhecer pessoas e lugares novos, comer coisas gostosas fora de hora, tudo isso é bom demais, mas, com ajuda do Espírito Santo, Léo, o menino mais velho da turminha, pensou em algo bem diferente para o grupo fazer nessas férias e propôs um desafio:

— É o seguinte, galera, nesses próximos dias em que teremos mais tempo livre, tenho uma missão para nossa turma: que tal dedicarmos as nossas férias a um propósito maior? Cada um vai pensar numa maneira bem criativa de falar sobre Jesus para quem ainda não conhece o nosso Salvador. A cada dia está mais próximo o momento que o Messias voltará. Deus conta conosco para mostrar que, com Jesus, temos vida! Não há mais tempo para perder tempo!

E ele continuou:

— Cada um aqui foi escolhido por Deus para essa missão. Não podemos cair no engano de achar que não fomos escolhidos. Apesar de ainda sermos crianças, eu creio que o  Senhor vai fazer em nós, e através de nós, coisas grandiosas!

Lembram daquela experiência de plantar feijão no algodão que fizemos na escola? Cada palavra dita é como uma semente. Só que, em vez de ser plantada no algodão, ela é plantada no coração. E, na hora certa, Deus irá trabalhar germinando essa palavra até que cresça e dê muitos frutos transformando a vida de quem a recebeu. Pregar as boas novas é um mandamento bíblico de que Deus se agrada tanto, que nos enxerga lindos!

Todos estavam muito interessados. Ouviam com atenção, enquanto bolavam o que poderiam fazer.

— Ainda não foi dessa vez que pude ir ao Camp Teen, mas estou dentro da missão! —  disse Bia animada.

A turminha orou, pediu inspiração ao Espírito Santo para transformar vidas, colocou a caixola para funcionar e cada um deu uma sugestão. Todas as ideias, apesar de bem diferentes, eram excelentes!

Léo, que já tem idade para ter um celular com acesso às redes sociais, decidiu gravar pequenos vídeos explicando versículos da bíblia e também compartilhar as postagens feitas pela sua igreja.

Duda, por possuir experiência em servir no ministério infantil, pensou que seria muito interessante e divertido reunir as crianças menores no play do seu prédio e ler livros infantis cristãos para elas e, depois, fazer uma sessão de dança com louvores infantis.

Pedrinho, que ama ler e escrever, achou que seria ótimo copiar seus versículos preferidos da bíblia e colocar na caixinha de correio dos vizinhos e também distribuir para as professoras e colegas da escola quando voltasse às aulas.

Mig decidiu que iria continuar nos games, mas que, de agora em diante, iria convidar seus amigos para jogar num aplicativo que conta a história da bíblia para crianças e também compartilharia desenhos animados bíblicos pelo celular dos seus  pais.

Bia, a menorzinha da turma, que ainda estava aprendendo a ler, teve a maravilhosa ideia de apresentar para seus amigos “o livro sem palavras”, aquele todo colorido que conta a história do plano da salvação e, também, a cada domingo, convidar um coleguinha para conhecer a sua igreja para participar do culto infantil.

E, assim, todos colocaram suas ideias em prática, para honra e glória do Senhor.

Jesus espera isso de nós. Ele tem ainda muito trabalho a fazer em diversos corações, afinal,  Jesus não tira férias!

Essas, sim, foram férias inesquecíveis!

O que podemos aprender com a história da turminha da AKD Kids?

Você foi escolhido por Deus! 

Ele espera que você seja uma pessoa com quem ele possa contar aqui na terra. Ele quer que você seja seu parceiro na missão de falar para todo mundo quem Jesus é e todo o seu amor por nós! Uma frase sua pode se tornar vida para alguém.

Faça como a turminha da AKD Kids: peça inspiração ao Espírito Santo, escolha algumas dessas ideias e coloque em prática hoje! 

Que tal começar agora mesmo compartilhando esse devocional? Prontos para a missão?

Vamos orar?

Espírito Santo, eu te agradeço por me guiar, me dar inspiração e criatividade para eu ser quem o Senhor me chamou para ser, e te peço que nunca me deixe escapar nenhuma oportunidade de falar da obra da cruz e do amor de Deus por todas as pessoas. Em nome de Jesus, amém.

Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Paula López – Ilustração: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário