Deus nos ensina a sempre agradecer

Que todo o meu ser louve o Senhor, e que eu não esqueça nenhuma das suas bênçãos!
Salmos 103:2

Quando a gente recebe um presente ou uma pessoa faz alguma coisa legal pra gente, o que nossa família nos ensina a falar?

— Obrigado! Obrigada!

Não é assim? Pois é, mas se alguém nos faz algo bom e não dizemos nada, o que essa pessoa pensa?

Acho que ela ficaria chateada ou, no mínimo, acharia que somos mal-educados, não é?

Por toda a Bíblia, Deus nos ensina a ter um coração grato e a falar palavras de gratidão, mesmo nas dificuldades, porque até o ato de poder respirar já é um milagre. Só por este motivo, já teríamos muito a agradecer…

Na Palavra de Deus, existe uma história de pessoas que receberam algo maravilhoso, mas nem se preocuparam em agradecer. Muito feio!

Vamos conhecer essa história para não ter uma atitude assim?

Dez leprosos foram curados, mas só um agradeceu a Jesus

Referência bíblica: Lucas 17:11-19

Quando Jesus estava indo para Jerusalém, entrou num lugar pequeno onde tinham várias pessoas.

Assim que ele chegou, logo vieram até ele dez homens doentes, que estavam com lepra.

Naquela época, lepra era uma doença muito séria, porque não tinha cura. As pessoas doentes ficavam com várias feridas na pele, que coçavam e doíam muito. Pior ainda, era uma doença contagiosa, ou seja, se alguém encostasse na pessoa com lepra, pegava a doença também. Muito triste, né?

Por causa disso, os leprosos viviam distantes de outras pessoas e até mesmo da família. Eles acabavam, muitas vezes, vivendo entre si, já que estavam todos doentes.

Naquela visita de Jesus ao povoado, os dez leprosos aproveitaram para pedir a Jesus que os curassem. Eles ficaram um pouco distantes de Jesus e gritaram bem alto:

— Jesus, Mestre, tem piedade de nós! A gente quer ser curado!

Jesus, então, respondeu:

— Se vocês querem mesmo ser curados, precisam ir até os sacerdotes que estão bem ali.

Eles foram, e sabe o que aconteceu?

Enquanto eles caminhavam, iam sendo curados. Que demais!

Um deles, quando viu que não tinha mais a doença, voltou e começou a louvar a Deus em voz alta! Aí, ele se ajoelhou aos pés de Jesus e agradeceu muito a ele! O ex-leproso estava muito feliz porque, agora, podia voltar a ter uma vida normal, inclusive, junto com a sua família.

Jesus ficou feliz com ele, mas achou estranho só ele estar ali. Nessa hora, ele perguntou:

— Ué… Todos vocês, os dez leprosos, não foram curados? Onde estão os outros nove?

Caramba! Eles tinham ido embora! Que feio! Quanta ingratidão!

Jesus, já conhecendo o coração de todos eles, disse:

— É… ninguém agradeceu a Deus pelo milagre, mas você agradeceu. Pode se levantar do chão e ir viver a sua vida. A sua fé te salvou!

E lá foi embora o homem todo satisfeito com a sua cura!


O que você aprendeu com história dos leprosos?

Aqueles nove homens, que não voltaram para agradecer, não queriam Jesus; eles só estavam interessados no que Jesus podia fazer por eles. Tanto é que nem se importaram em expressar sua gratidão, pois não davam valor à pessoa de Jesus.

Quando a gente tem o coração grato e fala isso com as nossas palavras, Deus se alegra, pois isso mostra que nós valorizamos tudo que vem dele. Até mesmo quando passamos por problemas, temos que agradecer a Deus pela vida que temos, porque ela é um grande presente.

Jesus nos ama e nos deu o seu melhor, por isso, nunca podemos nos esquecer de dar valor àquele que deu a sua vida por nós ao morrer na cruz no nosso lugar.

Já agradeceu a Deus hoje por respirar, por falar, por andar, por poder sentir cheiros?

Isso também vale para as pessoas ao nosso redor: você já agradeceu hoje à sua família por cuidar de você? Já agradeceu por ela se esforçar e trabalhar para você sempre ter roupas e comida gostosa, além de estudar em uma escola? Se não fez, vamos fazer isso juntos?

Vamos orar?

Meu Deus, muito obrigado porque você é maravilhoso! Você enviou Jesus para me salvar e, hoje, eu posso ser seu filho porque Jesus se sacrificou por mim. Obrigado também pelo meu corpinho, pela minha família, pela minha escola, pelos meus amigos. Eu sou grato pela minha comida de todo dia, por poder respirar, correr, rir, sentir, ouvir, falar… Você é o melhor, Pai. Obrigado por tudo. Em nome de Jesus, amém!


Este devocional é uma das ações do ministério infantil da Academia da Fé

Texto: Marisa Victoria @marisavictoria.10 – Ilustrações: Jociane Cavalli @jocianecavalli.art

Deixe um comentário